20.11.07

silly game, champion





If it's not broken - take it apart anyway and lose some of the pieces, then it will be.

23 comentários:

Cometa 2000 disse...

musalia,

a frase quase que doi

.
.
.
.
.
.

musalia disse...

adoro esta foto!
a frase, bem...que conseguimos fazer dela?
cometa 2000 :)

magarça disse...

Uma frase perfeita para o jogo do irremediável..

Sophia disse...

A foto está perfeita.
A frase dolorosa.

Baci

musalia disse...

ou apagamos a frase e escrevemos outra, magarça :)

musalia disse...

ambas. uma mais outra menos ;)
bj, sophia.

petroy disse...

forever?

Tiago Nené disse...

Ola colega do blogue das artes:) td bem?

posso chatear um bocadinho? é possivel fazeres divulgaçao nos teus blogues da apresentaçao do meu livro este sabado na fnac do algarve shopping?

a info ta na minha pagina, esta la o cartaz:

www.tiagonene.pt.vu

obrigado, colega! és um anjo! e claro.. aparece!

Tiago

myself disse...

Grafismo surpreendente em conjugação com as palavras.

Tinta no Bolso disse...

abri o blog

vi o fundo garrido, assustei-me um pouco

depois vi a fotografia

a mulher deitada na relva, braços entregues

o coração vermelho e o vestido branco

o taco e o que prenuncia

ok, pensei

continuei e li a frase

e não sei porquê fez sentido, até demais.

e nem quis ver mais nada

se for igual, quero saborear bem cada pedaço

se não for, quero que o travo deste primeiro post fique sem mácula

musalia disse...

nothing stays the same...
(changing her heart is a woman's prerrogative:)
petroy :)

musalia disse...

olá tiago nené, tudo bem, sim:)
algarve, só em dezembro, infelizmente. o teu livro terá uma multidão, pela certa.
obrigada pelo convite:)

(eu não sou anjo, juro)

musalia disse...

obrigada, myself :)

musalia disse...

olá, tinta no bolso, obrigada pela tua visita:)

just a question of taste...

volta se e quando te apetecer, serás bem vinda.
(eu sei porque 'fez sentido', é segredo, mas sei: não escrevo disparates.. shshshsh. agora, a perfeição mora atrás do horizonte, todos suspiram por ela mas...acredita, a sério, ninguém quer lá chegar. porquê? porque a perfeição pertence à eternidade e existir sempre deve ser muito enfadonho ;)

Tiago Nené disse...

Ola colega do blogue das artes:) td bem?

posso chatear um bocadinho? é possivel fazeres divulgaçao nos teus blogues da apresentaçao do meu livro este sabado na fnac do algarve shopping?

a info ta na minha pagina:

www.tiagonene.pt.vu (ta la o cartaz)

obrigado, colega! és um anjo! e claro.. aparece!

Tiago

musalia disse...

(disco de vinyl riscado, está visto;)

Fallen Angel disse...

Quem ousaria...

musalia disse...

fallen angel, não sei....

Tinta no Bolso disse...

todos no momento certo

ou

os certos em todos os momentos


(não sei de que raio estão a falar mas há coisas que se aplicam sempre, assim tipo : pois)

ainda não é hoje que vou escaranfunchar o resto do teu blogue......

Hugo Milhanas Machado disse...

...
partira-se uma chávena no pátio
e faltava um pedaço e seis linhas
e vim dormir e veio o vento e os estragos
e agora que baixo a buscar pão
onde o pedaço trincado da chávena
e a cama da mancha da página?
...

Este está por lá moriana, naquele que diz "Furninha".

beijos!
HMM

musalia disse...

tenho na varanda uma flor, violeta, branca, sombreada de azul. ganhou aconchego numa chávena magoada de uma boca, uma chávena que o vento aportou, aqui. vinha com uma folha, página cálida de corpo acabado de desfazer a noite. toquei-lhe ao de leve, não fossem os dedos desfazer o respirar da pele, coloquei-a onde coloco as boas coisas dos afectos...

A Clave do Mundo é, como os outros - Poema em Forma de Núvem e Masquerade - um deslumbramento!

beijos, HMM :)

Hugo Milhanas Machado disse...

Ora:)

Beijos

musalia disse...

é isso mesmo, ora;)

beijos.