27.11.07

vi-te chegar...




...e eras o sangue
e a impossibilidade de escrever a luz.




trabalho sobre foto de katia chausheva

10 comentários:

firmina12 disse...

está tudo dito: para que eu esta noite sonhe suave

musalia disse...

gosto do cristal sobre o vermelho :)
(que tenham sido suaves, os sonhos)

Sophia disse...

Se é impossível escrever, fala, se é impossível falar, sente!

;) Baci

Hugo Milhanas Machado disse...

Via-te chegar, via-te chegar...

*

musalia disse...

sentir possível todas as interrogações...
bjs., sophia.

musalia disse...

'via-te chegar' e eras um anel de fogo, 'via-te chegar' e eras o tempo na hora solitária do meu corpo...

laerce disse...

Mas a impossibilidade de escrever não significa a impossibilidade de ver...a luz.
Beijinhos.

musalia disse...

olá amiga! :)

por ser tão bela, daí a impossibilidade de exprimir, talvez...
olhar, sim, claro :)

beijinhos.

joão marinheiro disse...

Pode ser uma luz de sangue? De uma forma ou de outra é sempre bela a luz rubra...

musalia disse...

pode, claro, joão marinheiro :)