30.1.08

flores de lisboa para amenizar leituras...


canções, vilancicos e romances de compositores portugueses dos séculos XVI-XVII

quando Filipe II assume a coroa portuguesa, em 1580, após a morte de D. Sebastião, em Alcácer Quibir, os compositores nacionais abrigam-se nos mosteiros, catedrais e casas nobres, deixando testemunhos musicais em várias partes do mundo.


(in JL)

Flores de Lisboa
A Corte Musical
direcção de Rogério Gonçalves

3 comentários:

laerce disse...

Vou ver se leio o artigo que citas. Nota-se um ambiente de conspiração patente no manuscrito. e vou ouvir o CD se o encontrar.

Já li LL em minguarte ( mais ou menos isso) Textos excelentes.

Beijinhos e obrigada por esta dica.

musalia disse...

laerce, o artigo não tem muito mais do que isto. o cd deve ser precioso, creio.

(minguante :)

beijinhos.

laerce disse...

Foi um trocadilho.

Beijinhos