4.5.08

tudo é demasiado tarde









não somos dignos uns dos outros






Paul Bowles, Elegia
(tradução José Agostinho Baptista)







Fotografia de Katia Chausheva

10 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Acho mesmo que não...
Mas nunca é tarde.

A foto, principalmente pelo fundo que está por detrás da modelo, mostra a forma pouco digna como os mais ricos se comportam com os mais pobres.

Boa semana, beijinhos.

sophiarui disse...

não... não somos...

abraço

musalia disse...

'nunca' e 'sempre', palavras perigosas, essas ;)

por vezes é irremediavelmente tarde, irrecuperavelmente tarde. também, há que atentar no contexto do poema. mesmo assim, desconhecendo-o, conseguimos entender o excerto.

boa semana para ti, beijinhos, nilson.

musalia disse...

é certo...não somos...

um abraço, sophiarui:)

laerce disse...

E no entanto, só nos temos uns aos outros.Beijinhos

musalia disse...

por não estarmos sós é que o sabemos...

beijinhos, laerce.

Esplanando disse...

Alguns, concerteza, serão dignos de outros alguns... espero eu.

musalia disse...

espera-se sempre...habitualmente.
esplanando:)

Queen Frog disse...

outch!

hoje sinto isto. n sabia como dizê-lo!

Beijinhos

musalia disse...

Paul Bowles disse-o na perfeição, queen frog:)
bjs.