14.6.07

gently...




que importa se o vento tange sons de uma madrugada morta.
the heart has not stopped, de boca em boca se irá consumindo.





foto de lilya corneli

18 comentários:

© Cláudia disse...

O vento boceja murmúrios de um coração inquieto que teima em calar-se...
Bjs

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

é sempre tão bom abrir a porta, entrar nesta casa feita de tecido quente, saber que aquela voz vai lá estar para nos receber e, a cada entrada, ainda com a maçaneta na mão, suspender o olhar numa nova paisagem e em palavras que nos dão colo...*

CNS disse...

Gentle...

Sophia disse...

Não importa! ;)
Desde que o coração não páre...

;) Baci

Cometa 2000 disse...

corre coração, corre!

... seja a boca bem oferecida.

musalia disse...

cláudia, o vento e os seus inúmeros murmúrios. gosto de ouvi-los:)

bjs.

musalia disse...

inês, tenta-se que seja aolhedora, a 'casa' :)
obrigada pelas palavras.

musalia disse...

cristina, gently gentle :)

musalia disse...

ou desde que se aquiete, sophia;)
bjs.

musalia disse...

cometa 2000, partilhar, a capacidade de partilhar.

Mateso disse...

The whispers from the heart run along the wind in a fullmouth of deadly dawns.
Sorry ,once again.

It's really a pleasure to pop in.
Lindo.
Bjs.

sophiarui disse...

o vento tange sempre, apenas e só, os sons que necessitamos ouvir...

um grande abraço

Imagine disse...

incrivel, como em duas linhas consegues dizer tanto ..

parabens.

laerce disse...

Sim, que importa?

Um beijinho

( não consigo apanhar nada do post de cima, estou apanhada da cachola)

musalia disse...

mateso, let's pop in with words, shall we? ;)

musalia disse...

sophiarui, gosto da sua música. o vento e tudo o que queremos ouvir dele ou nele:)

abraço forte.

musalia disse...

imagine, um sorriso pela tua visita:)
(eu e Mies van der Rohe, less is more;)
volta sempre

musalia disse...

laerce

só tu para me fazeres rir, de gargalhada!
:)

(pois, para ti é 'mais francês' ;)

beijinhos.