11.6.07

the monster and the beauty






Leonorete,
fin roseta
bella sobre toda fror

...
lais de leonoreta










segui-te no trilho das palavras, mas nenhum caminho tinha fim. encontrei-te num poema ferido dos meus passos.


foto de xxANGeLiCFRuiTCaKExx

21 comentários:

bruno .b.c disse...

do décimo quarto
dia de maio chega
até aqui um mesmo
abraço.

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

******

Sophia disse...

Não é o encontro o mais importante? Com outro alguém ou connosco...

;) Baci!

CNS disse...

E pé ante pé, soletrei os teus passos...

© Cláudia disse...

Poema escrito a dois...
Bjs

Unicus disse...

Sobretudo connosco. refiro-me ao encontro.
Beijos Moriana

Mateso disse...

Achei-te no trilho dos meus passos,
Por detrás
do meu poema ferido de palavras,
E... demos então o olhar..
Desculpa, a alteração, mas sinto-o assim.
Gostei. Bj.

musalia disse...

bruno .b.c uma braçada de cerejas e de passos-palavras, em abraço.

musalia disse...

o sorriso esplendoroso de inâs:)

musalia disse...

sophia, creio que a importância depende das circunstâncias e do objecto, pessoa...
bjs.

musalia disse...

cristina, conseguir soletrar já é uma benção, da escrita/leitura :)

isabel disse...

a beleza dos passos no monstro- espaço vazio de "ti". (passo a passo...) são brancas as flores que te esperam os pés... =)

musalia disse...

claudia, a dois pés...;)
bjs.

musalia disse...

mateso, recriaste o texto :) outra forma de o interpretar, aliás infinitas, creio.
gostei

beijos.

musalia disse...

isabel, lindo! de facto, a história pode ser sempre modificada :)

laerce disse...

olá,

encontrar, uma palavra plena.Num poema então pode ser sublime.

Um beijinho

carteiro disse...

É fantástico como em apenas duas linhas podemos ler algo tão bonito :)

E a imagem é linda..

helena disse...

Passos que passam e perpassam no vazio ou no todo de nós.
O destino não importa, mas sim o percurso.
Beijinhos azuis

musalia disse...

laerce

encontrar o fio à meada, gosto. desencontrar os dias, também gosto. ímpares.
:)
beijinhos.

musalia disse...

olá carteiro:) já sei que passas sempre...algumas vezes ;)
less is more...

volta sempre.

musalia disse...

helena, equilibramos os passos. às vezes caimos, o tronco rola, desiquilibramo-nos. no bosque:)

beijos azul bizancio.