21.3.07

poesia & mar

Havia marinheiros
No país de Helena
Que morriam ao pôr do sol
E havia Helena que sonhava
Fazer um dia tranças às ondas
E um berço muito grande para o mar

Daniel Faria


perguntas-me
por que não escrevo
o mar


explico-te que
no seu ir e vir
constante
de tons e cores
ele é já
um poema


Luís Ene

21 comentários:

sotavento disse...

Bem escolhido!... :)

Klatuu o embuçado disse...

Ninguém escreve o mar...

Dark kiss.

Pedro Branco disse...

O que sou eu no meio das palavras todas? Qual o peso do meu corpo no caos das correntes do mundo? Quantas vezes mais minúsculo que o mais minúsculo? Caberei num verso? Num sonho? Saberei a cor da minha voz ao acordar? Os contornos dos corpos amantes? O que sou eu, afinal? Que das perguntas se arrastam as tempestades e nas respostas como ondas nada desagua. Só a espuma de todos os dias numa praia feita de nós...

musalia disse...

sotinha!:) bom regresso!

eu sabia que irias gostar, a baía de Lagos...

beijocas.

musalia disse...

Klatuu

indefinível, indizível..mas ele escreve-nos, escreve-se-nos, no olhar, na pele, nos aromas com que nos envolve:)

dark kiss.

musalia disse...

pedro branco

bom o teu regresso:)
as respostas são olhares, apenas. mutáveis, moldam-se ao nosso desejo, ao momento.
um signo, nem isso nos define. um sentir que se une a tantos outros, provavelmente de onde nasce um verso. o sonho habita-nos e, ao mesmo tempo, nós habitamos o sonho. conseguiriamos viver sem ele? o que somos? uma bola de sabão formada no sopro suave de uma boca. corrida fugaz na luz, permanência na sombra.
vamos sendo, deixamos de ser, renascemos. ciclo, é isso, um ciclo.

beijo.

Francisco disse...

O mar é, de facto, poesia! :) Beijinhos aqui do meio do mar, Moriana!

musalia disse...

é, é sim, Luís Ene tem razão;)
um beijinho desta Lisboa abraçando a primavera.

Sophia disse...

E é uma combinação tão perfeita como a imagem e os textos escolhidos! :)

Baci!

Bubbles disse...

Oh, o mar... O que são as palavras ao pé dele? *

musalia disse...

sophia, a imagem é especial, sim, é do 'meu sítio', no Algarve:)

as palavras são muito belas...

baci.

musalia disse...

olá bubbles:) o mar e as palavras, belo título:)

bruno .b.c disse...

passei.
deixo um abraço
ao passar
dos sapatinho.

Bruna Pereira disse...

Ó...
Como gosto de vir aqui.
Isto é tão-tão-tão belo.

(Fiquei comovida)

:)

musalia disse...

bruno béu, aqui e ali eu ponho o sapatinho, nesta dança que não tem fim. sigo a história. e o abraço como laço no sapato.

musalia disse...

bruna

não tão belo quanto veneza.
(columbina comovida? lencinho-retalhinho do coração de arlequim limpa as lágrimas)~

;)

© Cláudia disse...

Acordo e deito-me com os versos que o mar entoa...
Privilégios de ser ilhéu...

magarça disse...

Bonitos versos.

musalia disse...

pois é claúdia, privilégio de habitares uma ilha. de verdade, porque ilhas somos todos nós.

um abraço:)

musalia disse...

magarça, também gosto.

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

...*